20/07/2017

Por dentro do SBClass: conheça a classificação por estrelas de um hotel

SBClass
O Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem é um passo importante para o avanço do turismo nacional. Você sabe que requisitos um hotel deve atender para solicitar as estrelas?

O Ministério do Turismo lançou oficialmente na última semana o Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem – SBClass. A iniciativa é uma parceria com o Inmetro e autoriza o uso de estrelas para sete tipos de empreendimentos: hotel, hotel fazenda, cama e café, resort, hotel histórico, pousada e flat/apart-hotel. Eles devem atender determinados requisitos para adquirir de uma a cinco estrelas, de acordo com as condições de infraestrutura, equipamentos, serviços oferecidos aos hóspedes e práticas de sustentabilidade.

Um empreendimento é considerado hotel quando possui serviço de recepção e alojamento temporário, ofertado em unidades individuais e de uso exclusivo dos hóspedes, mediante cobrança de diária. De acordo com a última Pesquisa de Serviços de Hospedagem feita pelo IBGE, são cerca de 3.435 hotéis nas regiões metropolitanas das capitais do país. A expectativa é que este seja o meio de hospedagem mais utilizado pelos turistas durante a Copa do Mundo da FIFA 2014.

De acordo com o SBClass, um hotel poderá obter uma estrela quando disponibilizar serviço de recepção aberto durante 12h e disponível 24h por telefone, além de serviços de café da manhã, guarda de valores e monitoramento das expectativas e impressões do hóspede. Deverá apresentar também medidas permanentes para redução de consumo de energia elétrica e água.

Para conseguir a segunda estrela, os hotéis devem adicionar sala de estar com televisão, área útil dentro do quarto e disponibilidade para pagamento com cartão de crédito ou débito. A terceira estrela exige o serviço de recepção aberto por 18h; estacionamento; restaurante; serviço de lapvanderia; climatização e televisão com canal por assinatura em todos os quartos; acesso à internet nas áreas sociais e nos quartos.

Em estabelecimentos com quatro estrelas, é necessário que o serviço de recepção esteja aberto por 24h. Facilidades como manobristas, bar e serviço à la carte no restaurante também são necessárias. O hotel precisa oferecer ainda um mínimo de três serviços “especiais”, como salão de beleza, venda de jornais/revistas, farmácia e baby sitter. Nos quartos, mini refrigeradores e mesa de trabalho também são exigências.

A quinta estrela será a marca de um hotel que atender aos requisitos acima – e oferecer também salão de eventos e serviço de guest relation/concierge (ponto de informação ao cliente). Além disso, deverá dispor de seis serviços “especiais”, restaurante com comidas vegetarianas e dietas especiais e roupões e chinelos em todos os quartos.

Fonte: MTur

Sobre Daniel Françoso

Com 32 anos, tecnólogo em Organização e Gestão de Eventos e bacharel em Turismo pela Universidade Anhembi Morumbi. Possui mais de 15 anos de experiência em diversos segmentos do turismo (companhia aérea, operadora de turismo, agencia de turismo, turismo de luxo, corporativo e MICE). Atualmente é Controller em uma agência boutique e empresário. Curioso e grande entusiasta de tecnologia, mobilidade e mídias sociais, teve iniciativa de desenvolver este blog.

Confira também

aeroporto de miami

FLORIDA 2012 – Dia 1 / Chegando ao Aeroporto de Miami, e agora?

E ae, pessoal, tudo bem? Você deve acompanhar nosso blog então sabe que este é …

Deixe seu comentário